domingo, janeiro 24, 2016

Forte de Copacabana

Num dos muitos passeios por Copacabana resolvi ir ao Forte que, por mais incrível que pareça, eu nunca tinha ido (que eu me lembre).

O Forte de Copacabana foi concebido, ao final do século XIX, para compor o sistema defensivo da cidade do Rio de Janeiro e de seu porto. Sua função principal dentro de tal sistema era impedir a aproximação de navios inimigos que pudessem ameaçar a entrada da Baía de Guanabara.

O início da construção do Forte de Copacabana ocorreu em 1908, durante um momento conjuntural propício para a construção de grandes unidades militares. A chamada “reforma do Exército” começou ainda no final do século XIX, mais precisamente no término do governo de Floriano Peixoto. 

Em 1987, o Forte de Copacabana deixou a sua função bélica, vindo a abrigar o Museu Histórico do Exército. A partir daí, teve início uma história de dedicação à cultura. Hoje, o Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana tem como missão principal preservar, salvaguardar e disseminar a memória histórica do Exército Brasileiro, bem como atuar como espaço cultural, proporcionando cultura e desenvolvimento aos seus visitantes. Assim, os canhões que ontem disparavam artefatos bélicos, hoje se calam para promover o civismo e cultura para a sociedade.
No ano de 2012, passados 16 anos da inauguração do primeiro salão de exposições de longa duração, ocorreu a modernização do Museu. Foram revitalizados os espaços de visitação, com a colocação de painéis ilustrativos na Fortificação e melhoria na sinalização, inserindo o Museu na era digital, com introdução de inovações, visando à segurança e ao conforto dos visitantes.


Nossa Senhora de Copacabana possui uma "igrejinha" dentro do forte











 Cafés e lojas de souveniers estão de frente para o oceano e orla de Copacabana, dando aos visitantes uma vista simplesmente incrível e se você estiver lá ja à tardinha, o por-do-sol é deslumbrante.


 Não bebo café (mais precisamente odeio café), não provei as "especiarias do lugar, então fui de cerveja ;) 



Praça Coronel Eugênio Franco nº 1 - Posto 6 / Copacabana 
Adultos - R$ 6,00
Estudantes das redes pública e privada (com carteira de estudante ou boleto/declaração) - R$ 3,00
Idosos acima de 60 anos - R$ 3,00
Professores (com carteira de professor) - R$ 3,00
Militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos, grupos agendados e menores de 10 anos - Isento
Não tem estacionamento.

9 comentários:

Iza disse...

Adoro Copacabana!
Estive no Forte quando teve a roda gigante da skol hahaha.
Beijos <3

Beauty Unearthly disse...

Lovely post! I am new follower GFC and hope you can follow me too) xx

Dasquatroestações disse...

Que maravilha de construção e passeio! Eu amei!!
Eu bebo café, aliás amoooo café mas esse dia lindo que fazia aí estava perfeito mesmo era para uma cerveja hehe que também adoroooo rsrs
Beijos

De. disse...

Amazing pictures dear kiss

http://denimakeup95.blogspot.it/

Arco-Íris de Frida disse...

Engraçado...vou muito ao Rio... mas nem sabia desse museu e do forte... boa dica para um passeio...

Beijos...

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Eu preciso conhecer mais o Rio de Janeiro. Não passei pelo Forte de Copacabana.. Snif.. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

Mauro S disse...

Oi Silvia, lindo o lugar, quando estive no Rio há muitos anos atrás, via do apartamento que alugamos, mas de muito longe, lindas as fotos. Eu passando aqui hoje pra visitar amigos que fiz aqui no Blogger. Beijos.

Tarmac's Surfer disse...

No início de junho estive no Forte num dia de muita chuva. Apenar de toda a água dentro e fora do museu, o passeio foi gostoso. Silva, quando a chuva deu trégua, apreciei a vista com um café. Esta foi minha quarta visita ao Forte.
PS: Uma coisa que não tinha visto anos no museu e também não me lembro de ter visto em outro lugar, a imagem retratada da “Mãe Pátria”. Não gostei da pintura em si, mas fiquei fascinado pela figura da “Mãe Pátria”.

Tarmac's Surfer disse...

No início de junho estive no Forte num dia de muita chuva. Apenar de toda a água dentro e fora do museu, o passeio foi gostoso. Silva, quando a chuva deu trégua, apreciei a vista com um café. Esta foi minha quarta visita ao Forte.
PS: Uma coisa que não tinha visto anos no museu e também não me lembro de ter visto em outro lugar, a imagem retratada da “Mãe Pátria”. Não gostei da pintura em si, mas fiquei fascinado pela figura da “Mãe Pátria”.